Blog

Conteúdos sobre as soluções
empresariais de
Computação em Nuvem

Business Intelligence x Big Data: você conhece as diferenças? 

jul 21, 2022

Conhecer as diferenças entre Business Intelligence x Big Data é importante para gestores que desejam adotar algum desses conceitos. Afinal, essas são inovações que podem ser confundidas, já que ambas estão ligadas à informação estratégia, gestão de negócios e melhoria da inteligência competitiva. Entretanto, elas têm características distintas e papéis únicos na rotina corporativa. 

Antes de aplicá-las na empresa, é importante entender o conceito de cada uma delas, suas diferenças e como elas atuam conjuntamente para o desenvolvimento da organização. Leia já este material para saber de todas essas informações! 

O que é Business Intelligence? 

Business Intelligence (BI ou Inteligência de Negócios, em português) consiste no processo automatizado de analisar os dados brutos e de transformá-los em informações que geram insights valiosos para a tomada de decisão dos gestores, permitindo que eles aumentem a eficiência do negócio e potencializem os ganhos. 

Na prática, são aplicados sistemas que importam um banco ou fluxo de dados (seja qual for seu volume) e criem relatórios que serão base para tomada de decisões específicas. Além disso, os profissionais de BI devem aplicar uma série de etapas específicas para colocar esse conceito em prática. Veja quais são elas: 

Mobilização de pessoas e recursos: deve-se firmar uma parceria com uma empresa competente, especializada e experiente na área. Nessa etapa também é preciso montar o planejamento, o controle de budget e garantir que toda a liderança esteja alinhada ao projeto. 

Estabelecimento de objetivos: serão criados objetivos e metas a serem alcançados com a implementação da tecnologia BI; 

Mapeamento das informações: especialistas de BI fazem o levantamento das informações que serão alocadas no banco de dados da solução; 

Desenho e criação da solução: nessa fase é construída ou personalizada a solução para que as informações sejam usadas e as metas atingidas; 

Disponibilização ao usuário: a tecnologia é implementada na empresa e os colaboradores treinados para utilizá-la no campo prático, além de estarem dispostos a usar o ambiente nuvem. 

E o Big Data? 

Essa tecnologia tem o objetivo de gerar, coletar e armazenar um grande volume de dados continuamente, em tempo real e de diferentes fontes. Sua finalidade é processar todas essas informações de forma mais ágil e eficiente, bem como disponibilizá-las para que a empresa otimize seus processos internos e aprimore seu desempenho. 

Há certos requisitos que devem estar presentes nos dados colhidos pelo Big Data para que eles sejam úteis para a empresa. Entenda quais são eles: 

Variedade: os dados podem estar em diferentes formatos, como áudios, vídeos, textos, planilhas entre outros. As fontes podem ser de sites, avaliações de atendimentos, redes sociais, histórico de compras e mais; 

Volume: é coletada uma ampla quantidade de dados, o que exige uma arquitetura de nuvem robusta; 

Velocidade: as informações são geradas, trabalhadas e atualizadas em grande velocidade; 

Veracidade: os dados fornecidos devem ser verídicos, o que significa que não podem estar corrompidos, com anomalias ou incompletos; 

Valor: é necessário que as informações sejam relevantes para o negócio, ajudando os gestores em suas tomadas de decisões. 

Business Intelligence x Big Data: entenda as diferenças de ambas as soluções 

Apesar de serem similares, essas tecnologias têm qualidades próprias que fazem toda a diferença na sua utilização, implementação e valor gerado para a empresa. Entenda quais são seus principais diferenciais a seguir. 

Dados 

No Big Data, no que se refere à coleta de dados, não há uma preocupação quanto a padronização das informações, pois elas são encontradas por correlações ou descobertas. Nem sempre é possível entender as razões das correlações, por não serem conhecidas ou estudadas. 

Por outro lado, o BI se concentra em encontrar, transformar e oferecer dados estruturados como uma base para a tomada de decisão na empresa. Essa tecnologia também potencializa a análise preditiva da organização, permitindo que os gestores percebam tendências com antecedência e criem estratégias para maximizar seus resultados. 

Adoção na empresa 

Antes de implantar o Big Data, o ideal é que a empresa tenha conhecimentos e expertise em BI, pois o primeiro é considerado bastante complexo e pode exigir um grau de conhecimento com análise de dados. Quando se tem experiência prévia com análise de dados e BI, as chances de que a implementação do Big Data seja bem-sucedida são maximizadas. 

Campo de conhecimento 

Em razão da amplitude de informações que são coletadas, o Big Data pode ser usado para responder novas perguntas que não são conhecidas pelos gestores. Por exemplo, é possível que a Inteligência Artificial (IA) aplicada faça ajustes entre os dados que não eram o foco da empresa, trazendo insights inesperados. 

Por outro lado, o BI trata dos temas mais conhecidos e responde perguntas específicas, o que ocorre pelo fato dele focar em determinados tipos de informação que são recolhidos ou trabalhadas pela tecnologia. 

Unir o Business Intelligence e o Big Data é o melhor dos cenários 

A união do Business Intelligence x Big Data é a melhor solução para que a empresa consiga maximizar a coleta de dados e obtenha as melhores informações para melhorar a sua tomada de decisão. Por isso, essas são tecnologias que se complementam, sendo recomendável que sejam aplicadas em conjunto para que o negócio maximize seu conhecimento. 

No entanto, para aproveitar essas inovações simultaneamente, é importante receber o suporte de uma empresa especializada em promover excelência na prestação de serviços na nuvem, permitindo que seus parceiros comerciais inovem e se destaquem no seu segmento de atuação. 

Nesse caso, é fundamental que seu parceiro estratégico ofereça monitoramento, suporte na criação de data lakes, auxílio na configuração de ingestão de dados para nuvem, implementação de rotinas de transformação de dados e segurança, consultoria e arquitetura AWS (Amazon Web Services), bem como disponibilize um excelente e fácil canal de atendimento para auxiliá-lo sempre que for necessário. 

Outro detalhe relevante está no fato de que as informações precisam estar conforme a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), norma que traz exigências sobre a coleta, armazenamento e tratamento dos dados de clientes, colaboradores, parceiros e outros. Seu parceiro também deve ter a expertise necessária para ajudar o seu negócio a se manter regular perante a legislação. 

Como percebemos, são várias as diferenças entre Business Intelligence x Big Data, no entanto, essas tecnologias podem ser implementadas em conjunto para que o negócio consiga extrair o máximo dessas inovações e tomar as melhores decisões para a empresa, sendo importante contar com um bom parceiro. 

Confira mais conteúdos do nosso blog e saiba como nós podemos lhe ajudar! 

← Voltar

Newsletter

Assine a nossa newsletter e fique por dentro do nosso conteúdo.

Agende uma reunião conosco:

Prontos para sua empresa

Experiência de mais de 300 projetos AWS.